Já imaginou uma tecnologia de streaming de músicas onde você não tivesse que esperar pelo carregamento? Nunca mais ter que ver telas de loading ou buffering? Se você nunca pensou nisso, a Apple já. E está prestes a implementar esse serviço, de acordo com a Apple Insider.

Apple Cloud Streaming

Como funciona

Através de um sistema híbrido que combina músicas armazenadas remotamente com arquivos da própria biblioteca do usuário, e que está sendo chamado de cloud streaming ou partial sync. Trechos dos arquivos ficam armazenados no dispositivo do usuário e, durante a execução, são completados por cópias remotas.

Além de virtualmente eliminar o tempo de espera antes da execução de uma música, esta técnica também reduz drasticamente o espaço de armazenamento ocupado pelos arquivos de mídia.

Onde será usado

Em uma jogada completamente inesperada, a Apple decidiu lançar a tecnologia em regime de código aberto. Usuários da iTunes Store donos de dispositivos que  se conectam à internet e sincronizam música através do software iTunes. Em outras palavras: iPhones e iPads. Se você tem um iPod, desista.

O mercado de música on-line

Warner Music, EMI e Sony Music já teriam assinado acordos, e a Universal assinaria em breve, segundo a Folha de São Paulo. Tendo parcerias com as três maiores gravadores de música e prestes a lançar um serviço de streaming, a Apple se coloca na dianteira, à frente da Google e da Amazon, por exemplo.

Fontes: Business Insider, Apple Insider e Folha de São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA