Seguindo as boas notícias que publico, hoje dedico esse espaço para informar o lançamento da Educopédia, uma plataforma de ensino que segue as tendências contemporâneas da educação.

Trata-se de um esforço coletivo criado pela Secretaria de Educação do Município do Rio de Janeiro, que está trabalhando para reverter o péssimo quadro educacional que os índices do Ideb mostraram para o Ensino Fundamental do município. Após um trabalho sério acessorado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, novos espaços de conhecimento – web – foram lançados para auxiliar os professores e alunos na relação ensino-aprendizagem.

O que é a Educopédia?

É antes de mais nada uma plataforma que usa as mais diferentes mídias digitais para o uso de professores e alunos para o ensino de conteúdos programáticos.

Para isso foi criado um site principal contendo conteúdos relativos a cada tema trabalhado principalmente por professores de Português e Matemática, mas a intenção é expandir o projeto para as demais disciplinas. Esse conteúdo paradidático é composto por variadas mídias, como músicas e vídeos. Os professores da rede pública que foram selecionados para o projeto se devem aumentar a base de dados e trocar as experiências pelo portal.

Foi criada também uma conta no Twitter @Educopedia para o uso do microblog para atualizações e relações entre os professores e alunos. Para além, há o blog dos Projetos Especiais da Secretaria de Educação disponibiliza apostilas e demais novidades sobre o conceito de Educação 2.0 e educação do futuro.

Opinião pessoal

Vejo com bons olhos a iniciativa. Mas a tecnologia por si só não resolve problemas educacionais. Os profissionais devem ser qualificados, mas devem possuir como principal meta a essência do educar. O compromisso em usar as ferramentas visando a melhoria da situação educacional é o que de há de mais importante, até porque a web é apenas mais uma linguagem. E essa linguagem por inúmeras vezes já é de domínio dos alunos e não dos professores.

8 Comentários

  1. A Educopédia pode ser uma ferramenta útil para conciliar a tecnologia com a educação.

    Através desse tipo de iniciativa, será possível tornar mais barato o ensino, levando a educação para milhares de pessoas que não tem acesso a educação tradicional.

DEIXE UMA RESPOSTA