Manuscritos do Mar Morto

Já não bastava o Google querer dominar a internet, ele também vai dominar a história, ou pelo menos parte dela. O Google em parceria com departamento de antiguidades de Insrael  anunciaram na última terça feira o projeto para divulgar na integra os Manuscritos do Mar Morto, ou pelo o que sobrou dele.

“É a descoberta mais importante do século XX e vamos compartilhá-la com a tecnologia mais avançada do século XXI”, afirmou a responsável pelo projeto do departamento israelense de Antiguidades, Pnina Shor.

Um projeto milionário, os manuscritos que tem uns 2.000 anos, custaram 3,5 milhões de Dólares para serem divulgados na internet. São 900 manuscritos, com um alto valor religioso em diversas línguas antigas.

Acho muito interessante, algo tão precioso para humanidade ser colocado a disposição para consulta. Ainda também não sei como vai ser colocado isso na web, mas acredito que deve num sistema parecido com o do Google Maps.

Fonte: Jornal do Brasil

2 Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA