Um carro hi-tech cheio de câmeras anda pelas ruas do país coletando dados e mapeando informações. Eu estou falando do carro do Google Street View, certo?

Errado: nesta quarta-feira, a Expedição WDC partiu de Brasília rumo a Goiânia. Patrocinada pela Associação Brasileira de Provedores de Internet e pela empresa WDC Networks, a equipe vai percorrer mais de 100 municípios do Brasil em uma viagem que irá durar quase um ano.

Durante esse período, o carro da expedição vai seguir o caminho das regiões incluídas do Plano Nacional de Banda Larga, o PNBL. A missão do projeto consiste em avaliar a qualidade de conexão da internet ao longo do Brasil. Isso será feito de três formas:

  • medindo sinais nas faixas de 2,4 Ghz (usada no wireless b/g/n) e 4,8 Ghz (usada no wimax e na infraestrutura de empresas de telecom, etc).
  • verificando a cobertura e potência do sinal 3G das quatro principais operadoras.
  • conversar com provedores locais sobre a qualidade dos serviços e suas dificuldades (e oferecendo os serviços da empresa patrocinadora…)

Além do benefício que será sentido por aquelas famílias amparadas pelo PNBL, existe uma vantagem para qualquer brasileiro aficcionado por tecnologia ou que simplesmente faça uso de conexões móveis, dessa forma será possível cobrar que os direitos do consumidor sejam respeitados — lembrando que até hoje praticamente não haviam iniciativas de mapeamento da área de cobertura 3G no país, com honrosas exceções para projetos como o site Sinal 3G.

É possível acompanhar o projeto em um “diário de viagem” online mantido pela equipe, seguindo a conta oficial no twitter, ou através da hashtag #expedicaowdc.

Fonte: ztop.

DEIXE UMA RESPOSTA