Pesquisa offline e navegação eram um dos maiores anúncios deste ano feito pela Google  e agora, basicamente seis meses depois, o recurso está finalmente alcançando usuários.

Hoje, o Google Maps vai  lançar um novo modo off-line que permite orientações e busca de condução. Ele foi projetado para ser igual ao usado on-line, onde é permitindo a conexão de dados para entrar e sair sem interromper o aplicativo em si.  Os novos recursos  irão ser implantado hoje para os usuários do Android .

A opção para salvar determinadas áreas já existe no Google Maps desde 2012, mas esta é a primeira vez que eles será indexada busca e navegação. Isso significa que se você salvar a cidade em que vive, você vai ser capaz de procurar um lugar para jantar e obter uma resposta sem uma conexão de dados. Devido a restrições de espaço, as empresas cadastradas terão armazenados nomes, classificações de estrelas e números de telefone, mas não haverá fotos ou comentários de usuários.

Assim o Google Maps trabalhará em tempo de tráfego médio em vez de carregar novos dados em tempo real, mesmo a rota sendo atualizado assim que a conexão for restaurada. O lançamento inicial não inclui trânsito ou a pé, em grande parte devido a considerações de espaço, mas o Google diz que vai estar adicionando mais capacidades em futuras versões do aplicativo.

O Google Maps será mais útil para qualquer um navegar sem uma conexão de celular, seja em uma zona morta ou um país estrangeiro. Segundo a pesquisa feita pelo Google, o telefone fica offline por 10% do dia, muita da qual resulta de congestionamento de rede simples.

“O aplicativo assim se tornará realmente rápido. Trata-se de nunca ter que esperar”, diz Amanda Bishop, gerente de projeto da Google.

DEIXE UMA RESPOSTA