Sou grande entusiasta com segurança, inclusive trabalho diretamente neste setor e acompanho bastantes as noticiais, peço bastante seriedade com este assunto. É com orgulho que posso mostrar a vocês este artigo, criado pela equipe Bitdefender Antivírus para o Tambotech.

Sinalizado como um dos principais problemas de segurança na internet em 2015, o ransomware promete ganhar ainda mais força em 2016, com ataques mais estratégicos aos perfis e empresas.

Por se basear em uma forma de extorsão, o ransomware ficou conhecido como uma ameaça capaz de “sequestrar” arquivos do usuário com um malware, sendo necessária a entrega de um pagamento para a devolução dos materiais, deixando claro que o grande objetivo por trás dessa tática de crime virtual é o lucro financeiro.

Segurança de dados contra Ransomware

Grupos de risco para roubo de dados

Considerando que para o cybercriminoso apenas precisam obter dados valiosos para a vítima, as possibilidades de ataque se multiplicam. Isso porque, para o golpe obter efeito, basta que o usuário sinta falta de seus arquivos ou que o computador fique bloqueado pelos criminosos.

A extorsão com o Ransomware pode acontecer, por exemplo, devido a fotos comprometedoras, materiais exclusivos, trabalhos extensos e, até mesmo, arquivos essenciais para a rotina e manutenção de empresas.

Por isso o ataque é um sério problema para usuários e empresas, imagine um grande empreendimento com parte de seus dados congelados. Ou ainda, um negócio simples, mas que dependa de informações específicas para assegurar o desenvolvimento de suas atividades e os mesmos estão bloqueados.

teclado com botão de Segurança

Aumento em ameaças Ransomware

Justamente por atingir perfis de variados tipos, é que o ransomware foi capaz de se fortalecer tão facilmente. O golpe não possui um público-alvo selecionado, o que dificulta que formas segmentadas de defesa sejam elaboradas.

A expectativa é que esse ano a ameaça se torne ainda mais alarmante, afetando novos públicos e extraindo grandes quantias. Um exemplo a ser citado é o chamado CryptoWall, que promete alcançar a quantia de US$500 milhões extorquidos de suas vítimas.

Não restam dúvidas de que o segredo por trás do crescimento do ransomware está no fato de ser uma abordagem altamente lucrativa para os cybercriminosos. Por outro lado, a ameaça tem ganhado espaço devido à falhas em estruturas de segurança.

Por esse motivo, em 2016, pode-se esperar uma mudança de comportamento também nas organizações. A preocupação a respeito do desempenho de ferramentas de proteção deve crescer, fazendo com que equipes inteiras dediquem maior atenção a práticas como baixar um bom antivírus, monitorar atividades suspeitas, fazer o backup de dados e obedecer as políticas de segurança.

Artigo Patrocinado

Imagens: paysenedibastir, forbes.

DEIXE UMA RESPOSTA