Facebook Messenger

Anúncios podem chegar no Facebook Messenger no segundo trimestre deste ano, de acordo com um vazamento de um documento que o Facebook teria enviado para seus anunciantes sobre o lançamento dos pressupostos anúncios no Messenger. No entanto, o documento está sendo mantidas em sigilo. O documento revela que os usuários receberão anúncios como mensagens de empresas que tinham interações anteriores. Assim, as empresas não serão consideradas pelos usuários como spam, pois somente será enviado anúncios como mensagens aos usuários que tiverem algum vínculo anterior com as empresas. Se usuários não gostaram determinadas páginas, isso não significa que as empresas serão capazes de enviar mensagens de anúncios.

Em título de curiosidade o Facebook também lançou uma URL que abre uma linha de bate-papo com as empresas anunciante. O link URL, fb.com/msg/, irá conectar o usuário para conversar com as organizações. Os anúncios serão com base nas discussões que o usuário tem com a empresa. As empresas também irão incentivar os usuários a enviar mensagens, de modo que eles podem enviar anúncios para os usuários uma vez que o recurso estiver ativado.
O mais importante é que deve ser lembrado é que os usuários não receberá anúncios durante as conversas entre seus amigos.

Facebook deve considerar que os anúncios excessivas pode levar a uma redução nos usuários do Messenger. Facebook Messenger tem atualmente 800 usuários ativos mensais e a rede social nunca iria querer incentivar seus usuários a mudar para outro aplicativo chat para evitar seus anúncios.

Facebook tem trabalhado gradualmente sobre como os usuários e as empresas podem interagir. No ano passado, o Facebook anunciou que : “Empresas no Messenger” iria torná-lo mais conveniente para as empresas e os clientes interagem uns com os outros.

Caso o Facebook plante a ideia dos anúncios no Messenger, isso irá criar uma enorme receita para a empresa. Os resultados do quarto trimestre de 2015 mostram forte desempenho em termos de receita. A receita do Facebook para o ano aumentou 44% ano-sobre-ano, enquanto a receita de publicidade também aumentaram até 57%, em termos homólogos.

Sendo assim, os anúncios para dispositivos móveis tem uma grande contribuição, seguindo com 80% da receita publicitária proveniente de telefones. Com estas estatísticas encorajadores, parece que Facebook pode comemorar mais um ano deslumbrante, se os anúncios vêm para Facebook Messenger.

DEIXE UMA RESPOSTA