Zeebo

Lembro que no final do ano passado a especulação sobre o lançamento de um videogame brasileiro tinha saído do papel. Como creio que tal novidade não seja de conhecimento de muitos, vou dissecá-la devidamente.

Vamos à história. A Tectoy, é uma empresa estadunidense que tem a sucursal brasileira com sede em Campinas mais importante que a sede, fabricando seus produtos na Zona Franca de Manaus. Pois bem, todos sabemos que com a falência da SEGA para os consoles, e Tectoy passou a representar seus principais consoles ainda os fabricando e vendendo muito bem aqui em terras tupiniquins. Fora os consoles, a Tectoy entrou de frente no mercado de tecnologia no Brasil, com aplicações para celular, aparelhos de DVD, videokê o primeiro leitor Blu-Ray fabricado no Brasil.

Saibam que o Master System e o Mega Drive tem novas versões, e que há vários títulos exclusivos aqui do Brasil, com desenvolvimento brazuca, como Show do Milhão, Sapo Xulé e Férias Frustadas do Pica Pau, Sonic Blast e Mortal Kombat III para Master System.

Zeebo ?

E qual o motivo para que esses consoles “antigos” continuem a vender no Brasil? Preço e mercado consumidos. É buscado o mercado que visa enterterimento e não quer gastar. Eis o pulo do gato. O Zeebo, projeto inovador e brasileiro, visa justamente o público do Wii (que quer se divertir) e não tem dinheiro para o console da Nintendo.

Se unindo com a empresa de telecom americana Qualcomm que já entrou no mercado brasileiro através dos celulares, e fechando parceria com a Claro, tem um conceito revolucionário. Nada de jogos em Cds, DVDs ou cartuchos. O usuário compra, baixa, instala e joga. Como jogos de celular. Todos os Zeebos terão um chip 3G Claro que se conectar a ZeeboNet onde se baixam os jogos.

Para o usuário, algo muito bom, pois os jogos são baratos (de 10 a 50 reais), o console será por volta de R$ 600. Para a empresa, uma jogada de marketing muito boa, ainda bem defendida da pirataria. Para o caso do Brasil, não há concorrência. E ainda há o caso do mercado de desenvolvimento, pois a preferência para os jogos colocados para baixar será de jogos desenvolvidos no Brasil, ora, mais nerds brazucas empregados.

Para os amantes da tecnologia, críticas surgem, sobretudo pela qualidade dos jogos, que estão entre o Playstation 1 e 2. Mas aí eu pergunto: para alguém sem tanto poder aquisitivo e que se contentava com o MasterSystem, não seria um grande upgrade?

Ainda para quem quer saber mais sobre o console, acho que vale a pena dar uma olhada em uma apresentação feita para o portal Uol Jogos.

Bem, acho que o lançamento será mesmo no dia das crianças, mas a crise econômica pode ter levado o projeto pro brejo, como o Sapo Xulé diria. Mas não posso deixar de pensar que a área de tecnologia ainda está robusta. Minhas apostas? Bem, se o Zeebo emular Master e Mega, e se houverem muitos jogos (há inúmeros para celular nos dias de hoje), talvez eu até compre um para me divertir com amigos, como nos tempos que jogávamos jogos simples, mas divertidos.

Já, traremos mais informações e links para pré-venda

Em seu lançamento segundo o Site Tek, o console vai vir com três jogos carregados – o “Fifa 2009”, “Need For Speed Carbon” e “Brain Challenge” -, e tambem vai oferecer três outros títulos para download!

DEIXE UMA RESPOSTA