Motorola Xoom

No final do ano passado, o falecido e enterrado 2010, a Motorola anunciou a evolução dos tablets, isso tudo numa publicidade magnífica:

Quando você se depara com esse tipo de publicidade e vê no passado a Motorola com tantos casos coadjuvantes no mercado, até imagina realmente uma evolução, uma puxada no tapete. Vamos as configurações do bicho:

Especificações do Motorola XOOM

  • Processador Dual Core de 1 Ghz
  • 1 um Giga de Memória RAM
  • 32 Giga de Armazenamento (Flash Memory)
  • Bluetoofh 2.1
  • Acelômetro, Bússola digital, giroscópio e Barômetro
  • Sistema: Android 3.0
  • 2 Câmeras uma de 5 (atrás) e uma frontal de 2 mega.

Todo mundo esperava que a nova geração de tablets viesse com processadores “Dual Core”, a tela é de 10.1 polegadas é aceitável, o Android é uma versão própria para tablets, o Bluetoofh poderia ser o 3.0. As Câmeras do Motorola XOOM não evoluíram em nada.

Cadê a evolução ? Continua com 10 horas de uso, não tem nenhum diferencial com relação aos concorrentes. Nome por nome, eu iria atrás de um Tablet da RIM (Blackberry) que da Motorola, O Tablet da RIM tem o diferencial de estar integrado sistema da rede da RIM que é o mais seguro do mundo.

Também concordo que não precisamos de grandes configurações para um tablet, mas depende da proposta que fabricante propõe.

No meu ponto de vista essa nova geração de tablets é uma geração de transição, o mercado está se adaptando as novas tecnologias, mas fico preocupado que não vejo ninguém movimentando grande quantidade conteúdo e de qualidade para toda essa geração de tablets.

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA