Spam - monstro

Qual é origem do Spam? Como identificar? Como saber o IP do spam? Inicialmente evite seu email ficar circulando pela web, não coloque em lugares “suspeitos”, tenha sempre um E-mail secundário para cadastros mais “bobos’ na internet, esteja sempre com um Anti-spy atualizado. Seus problemas Acabaram! (depois inventam outros). nessa vídeo aula eu abordo um pouco sobre isso, de como identificar a origem dessa propaganda, pelo do cabeçalho do E-mail tome cuidado ao mandar bloquear um ip.

Vídeo Aula:

Não reparem, mas a vídeo aula é pouco antiga, nela eu ainda menciono o antigo link do blog. Nessa vídeo aula, mostro como identificar o cabeçalho do E-mail, que é onde fica o ip real de origem:

Cabeçalho de E-mail – Na terminologia da informática, o “header” – ou, simplesmente, cabeçalho – consiste na parte que contém as informações suplementares colocados no começo de um bloco de dados que estão sendo armazenados ou transmitidos, usualmente por e-mail ou em pacotes dos dados emitidos através da internet, são precedidos pela informação de cabeçalho tal como o remetente e os endereços do IP do receptor.

(fonte: Wikipédia)

Bloqueando a Origem:

Muito provedores de email permitem a configuração de um Anti-Spam, não só pelo email do remetente da mensagem e sim pelo ip de origem, entre em contato com o suporte de seu provedor para que possa ter as instruções de como bloquear o ip de origem, tome muito cuidado ao bloquear um ip. Felizmente eu já vou deixar alguns links dos principais provedores:

Recebendo Spam de Si mesmo:

Em alguns casos você pode estar recebendo emails, onde você é a origem, o “atacante está aproveitando uma vulnerabilidade do protocolo SMTP para praticar uma técnica chamada IP Spoonfing:

Definição: No contexto de redes de computadores, IP spoofing é uma técnica de subversão de sistemas informáticos que consiste em mascarar (spoof) pacotes IP utilizando endereços de remetentes falsificados. Devido às características do protocolo IP… Fonte: Wikipédia

Nesses casos é um pouco mais complexo, mas o cabeçalho do email ainda pode ser visualizado para analisar se o IP de Origem é o seu, se o IP do remetente for o seu, passe um bom Antivirus no sistema.

A lei contra o Spam:

Na política de Spam da Kinghost, provedor inclusive que eu uso atualmente e estou gostando bastante, encontrei uma relação de leis que falam contra o uso do Spam, segue a reprodução abaixo:

  • Código de Defesa do Consumidor – Cap V, Artigo 39, parágrafo III (envio serviço / produto não solicitado)
  • Código de Defesa do Consumidor – Cap III, artigo 6. Inciso IV (propaganda enganosa)
  • Código de Defesa do Consumidor – Cap VII, Título II, artigo 72 (dificultar o acesso à banco de dados)
  • Código de Defesa do Consumidor – Cap VII, Título II, artigo 73 (deixar de corrigir informações constantes em bancos de dados)
  • Constituição Federal – Título II, Capítulo I, artigo 5, Inciso X (direito de privacidade)

Espero que esse artigo tenha tirado a maioria das dúvidas, mas uma vez devo lembrar para não deixar seu email exposto na internet, existem diversas formas de um “atacante buscar um email, periodicamente busque seu E-mail no Google para ver se ele está exposto.

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA