tse

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizou teste público de segurança do sistema eletrônico de votação, nossas queridas urnas eletrônicas.

O sistema foi testado por especialistas em informática que tentaram quebrar as barreiras de segurança impostas pelo sistema.

Após uma sequência de testes elaborados foram detectadas duas inconsistências. Um dos problemas encontrados foi nas urnas com áudio, destinadas a deficientes visuais, os especialistas afirmaram que há possibilidade de outra pessoa ouvir o som da urna e com a ajuda de um equipamento pode ser identificar o voto do deficiente.

O segundo problema foi a possibilidade de que após o fechamento da urna, haver a possibilidade de troca no número de votos para um determinado candidato.

Segundo o ministro Dias Toffoli (presidente do TSE) os técnicos do tribunal corrigirão as falhas antes que ocorram as eleições municipais, marcadas para outubro.

Obs.: O TSE não divulgou maiores detalhes sobre como foram realizados os testes pelos especialistas.

 

Fonte: TSE

DEIXE UMA RESPOSTA