Home Apple

iPhone X: Apple está a dois anos à frente do Android

O iPhone X marcou um momento chave para a Apple e nas propostas para o mercado. Não é apenas pela sua representação, mas sim pelas tecnologias que ele traz e que são total novidade no mercado. De todas o Face ID foi a que mais se destacou.

Uma análise feita mostra que com o Face ID e a sua tecnologia, a Apple provou estar dois anos e meio à frente da sua concorrência direta no universo tecnológico, o Android.

A conclusão surgiu por Ming-Chi Kuo, um conhecido analista da empresa KGI Securities. Já antes da apresentação do iPhone X, Kuo tinha predito que este seria o mais inovador aparelho da Apple e a colocaria à frente da sua concorrência direta.

Após assistir às apresentações técnicas da Apple, mudou a sua opinião e aumentou a distância temporal que separa agora a Apple de todos os restantes fabricantes de smartphones, estimando que estes vão necessitar de dois anos e meio para conseguir atingir um patamar similar.

A “culpa”, segundo o analista, está no Face ID e em especial na câmara TrueDepth, responsável pelos mecanismos de autenticação únicos que o iPhone X vai ter. Mesmo com todos os problemas de produção, Ming-Chi Kuo previu que a Apple irá conseguir conquistar o mercado e o iPhone X vai impor-se e o seu crescimento será visto nos próximos meses.

Mesmo com toda a tecnologia revolucionária e com todas as características únicas, a KGI Securities e Ming-Chi Kuo acabaram por rever as previsões de envio para o mercado do iPhone X, baixando os valores.

A ideia inicial de Ming-Chi Kuo era de que a Apple conseguiria colocar no mercado 40 milhões de iPhones X durante o ano de 2017. Os novos valores são maiores e apontam agora para que este número esteja entre os 30 e os 35 milhões de equipamentos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here