Home Google

Google reduz atualizações de apps para Android em 65%

Uma das funcionalidades que os sistemas móveis passaram a ter é o fato de permitir a atualização de aplicações de uma forma transparente para o utilizador final, ou seja, as atualizações para a última versão são realizadas de forma automática.

Mas a Google quer inovar o processo e vai reduzir em 65% o tamanho das atualizações para Android, o que para os usuários será um seria conquista, pois ninguém aguenta mais aquelas atualizações que deixam o seu sistema abarrotado de MB em armazenamento do seu Microsd ou do próprio telefone.

Foi através do seu site oficial que a Google informou que irá reduzir em 65% (em média) o tamanho das atualizações dos apps na PlayStore. Para tal, a empresa irá usar a técnica File-by-File que garante uma redução efetiva das atualizações.

Mas como funciona?

Quando existem atualizações de uma app, o Google Play envia para o nosso dispositivo um patch com a informação sobre as diferenças da versão instalada e da nova versão. Desta forma, em vez que enviar toda a aplicação (ou seja, todo o APK), a Google Play apenas envia o que é diferente, ou seja, as atualizações pequenas e mais rápidas.

Os apps Android são “empacotadas” em APKs que não são nada mais que ficheiros ZIP com algumas convenções especiais. A maioria dos ficheiros ZIP (e APKs) usam a tecnologia de compressão Deflate, que é uma boa tecnologia de compressão, mas já está um pouco ultrapassada.

De acordo com a Google, usando a tecnologia open source File-by-File é possível reduzir, no geral, 6 petabytes de informação diária, relativa à atualizações de aplicações dos usuários. Tal como o nome sugere, o File-by-File analisa ficheiro a ficheiro melhorando assim o processo de patching.

De acordo com a Google podemos usar um exemplo o app da Netflix, quando era usada a tecnologia bsdiff, a atualização tinha um tamanho de 7.7MB. Mas como a nova tecnologia, a mesma atualização passa a ter um tamanho de 1.2 MB, uma redução, em MBs, de 92%.

Esta é sem dúvida uma boa novidade para os usuários do Android que assim passam a ter atualizações de apps e do próprio sistema mais eficiente. As atualizações serão efetivamente mais rápidas e o consumo de dados será também menor contando com esta nova tecnologia.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here