Home tecnologia

Governo Brasileiro adquire software da Microsoft

Desde 2003 o Brasil adotou uma política de adoção de software open-source. Todas as aplicações de produtividade e até sistemas operacionais são escolhidos sempre com esta filosofia em mente. Mas esta decisão pode estar prestes a mudar, com uma aproximação forte à Microsoft e com a adoção de software da empresa de Redmond.

A decisão final do governo brasileiro ainda não foi tomada, mas tudo indica que vai haver uma mudança profunda no software que está a ser usado em toda a estrutura do governo e a opção cai sobre influencia dos produtos Microsoft.

O governo pretende fazer uma procura agregada e assim conseguir uma diminuição de preços, garantindo que a Microsoft apresenta propostas que são compensatórias. Esta será a maior compra de sempre de software que o governo brasileiro fará à Microsoft.

Com este acordo, que deverá ser estabelecido e anunciado dentro de dias, todos os orgãos do governo brasileiro vão poder comprar softwares da Microsoft salientando este acordo e garantindo sempre os preços mais baratos. O software englobado no acordo será o Windows 10, o Windows Server 2016 e o Office 360.
Para o governo esta é uma mudança radical e que vai levar que o Brasil abandone a sua ideia de suportar o software aberto e livre, como alternativa às soluções.

A ideia inicial, quanto a decisão de acompanhar o software open-source surgiu em 2003, seu proposito era conseguir reduzir custos com o abate das licenças, ao mesmo tempo que estimularia as empresas brasileiras a desenvolver aplicações para o governo. A verdade é que a falta de profissionais especializados e a escassez de ofertas acabou por matar esta iniciativa e tudo foi por água abaixo.

Este movimento que agora surge no Brasil já aconteceu recentemente com outras cidades europeias, como Munique, que tinham abraçado o Linux e outras soluções de softwares livres e acabaram por não vingar. O processo de retorno à Microsoft é uma realidade e os custos para esta nova mudança acabaram por ser elevados.

Apenas o que temos que nos perguntar é como nosso país em crise econômica pode pagar estas licenças e mesmo assim permanecer sem pagar salários a milhares de brasileiros desamparados.

Fonte: ZDNET

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here