Home WordPress

Tornando a administração do WordPress única

Muitos desenvolvedores utilizam o WordPress para gerenciar o site dos seus clientes. Eu mesmo utilizo o WordPress como CMS (Content Management System ou sua tradução para português: Sistema de Gerenciamento de Conteúdo) para os meus clientes. Neste artigo irei mostrar alguns ótimos plugins que completam a experiência dos seus clientes com o WordPress e como você pode melhorar o gerenciamento dos sites dos seus clientes.

Gerenciando múltiplos sites WordPress

Alguns desenvolvedores optam pela utilização do WordPress em seu formato multi-site (o antigo WPMU). De certa forma é uma prática interessante, pois permite que todos os sites dos seus clientes fiquem armazenados em um só servidor, ao mesmo tempo que limita as possibilidades de modificação e cargos. É uma opção interessante para quem não vende hospedagem ou quer centralizar tudo em uma só plataforma.

Mas tem um alguns problemas. O primeiro é em relação à performance. Muitos sites utilizando uma só base de dados termina aumentando consideravelmente o tamanho dela. Impactando a performance de todos os sites armazenados. Além disso, se ocorrer um problema no banco de dados, todos os sites armazenados nela serão prejudicados.

Outro problema é que é necessário uma hospedagem acima da média para suportar uma boa quantidade de sites, bem como ter todas as permissões configuradas corretamente. Muitas vezes as hospedagens compartilhadas não permitem configurar certos aspectos do sistema, como plugins ou configurações do PHP.

A melhor opção nesse caso, e a que uso, é deixar seu cliente hospedado no servidor que ele quiser ou oferecer o serviço de hospedagem. No meu caso, eu indico uma hospedagem caso o cliente esteja hospedado nas famosas hospedagens “ruins” ou mantenho o cliente na hospedagem que ele se encontra como na HostGator ou em outras (que não são perfeitas, mas servem para clientes de pequeno e médio porte).

Nesse caso, o único problema é ter que se lembrar de criar uma conta administradora para poder gerenciar o site em caso de problemas ou então de salvar todas as informações dos servidores dos seus clientes. Para o primeiro problema, no entanto, há uma solução.

ManageWP

Há plugins gratuitos ou freemium como InfiniteWP, MainWP, ManageWP, iControlWP, CMSCommander e WPRemote. Particularmente eu curto bastante o MainWP e o ManageWP. Tanto a opção gratuita quanto as opções premium dos dois são bem mais em conta do que os outros plugins e eles possuem uma comunidade bem maior do que o restante (exceto o InfiniteWP que possui uma grande comunidade também).

Através desses plugins você pode gerenciar todos os sites dos seus clientes em uma só plataforma. Incluindo realizar backups, clonar sites, adicionar páginas e artigos, realizar atualizações de plugins, do tema ou do “core”, realizar backups locais, realizar verificação de segurança e diversas outras funcionalidades. Para os que pretendem pagar pelas opções premium, há algumas diferenças entre as plataformas. No caso da ManageWP, o plano premium dá suporte a backups na nuvem, “white label” (permitindo que você esconda o plugin no site), análise do ranking do SEO, monitoramento de uptime, verificação de performance, entre outras funcionalidades.

A vantagem do ManageWP é que as funcionalidades premium podem ser pagas apenas de acordo com as suas necessidades. Ou seja, você não precisa assinar um pacote de 99 dólares por mês para se ter backup cloud. Você paga 2 dólares por site.

Temas para a administração do WordPress

Para melhorar a experiência do usuário, pode-se usar plugins ou até mesmo temas que aperfeiçoam a área de administração.

screenshot-3

Tamed Admin Theme

screenshot-3

Slate Admin Theme

screenshot-2

Blue Admin

1-your-new-interface

Material WP – Material Design Dashboard Theme

admin-bar

First – WordPress Admin Theme

02_preview

WordPress Admin Theme – WPShapere

Por que eu deveria modificar a área administrativa do WordPress?

Para alguns pode ser apenas por questões visuais, mas há razões além da estética que você deveria levar em conta.

  1. Facilita a interação do seu cliente com a plataforma. A Experiência do Usuário é um campo bastante amplo (UX – User Experience). Tornando a administração do WordPress mais amigável e sem opções desnecessárias permite que o seu cliente possa realizar as alterações por ele mesmo, sem a sua necessidade e torna essa experiência bem mais simples. Por exemplo, muitos utilizam o WordPress com diversos plugins. Você pode remover esses plugins da “visão” do cliente, e deixar apenas as opções principais para administração correta do site.
  2. Aumenta o profissionalismo seu ou da sua empresa. A imagem que o cliente terá é que você dedicou mais tempo para otimizar a plataforma para as necessidades dele. Em todos os aspectos do “front-end” (ou seja, da área em que os visitantes acessam o site) até o “back-end” (a área interna, administrativa).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here